Bolsonaro assina decreto no Palácio do Planalto que acaba com o horário de verão

  Sexta, 26.Abril.2019 às 08h00


Foto: Alan Rich | Livramento Hoje

Instituído pela primeira vez no Brasil no verão de 1931/1932, pelo então Presidente Getúlio Vargas, chega ao fim o “Horário de Verão”. Durante cerimônia no Palácio do Planalto, nesta quinta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que revoga a medida.  "Após estudos técnicos que apontam para a eliminação dos benefícios por conta de fatores como iluminação mais eficiente, evolução das posses, aumento do consumo de energia e mudança de hábitos da população, decidimos que não haverá Horário de Verão na temporada 2019/2020”, escreveu o presidente. De acordo com informações do G1,  o Ministério de Minas e Energia ressaltou que o Brasil economizou pelo menos R$ 1,4 bilhão desde 2010 por adotar o horário de verão. O horário de verão é adotado em países como Canadá, Austrália, Groelândia, México, Nova Zelândia, Chile, Paraguai e Uruguai.