Polícia

Coronel da Polícia Militar é morto a tiros e policial é baleado em ataque no Rio de Janeiro

26 Outubro 2017 - 23:24

Coronel da Polícia Militar é morto a tiros e policial é baleado em ataque no Rio de Janeiro

Foto: Estadão

O comandante do 3º BPM (Méier), coronel Luiz Gustavo Teixeira, 48 anos, foi morto a tiros dentro de uma viatura descaracterizada, no início da tarde desta quinta-feira, na Rua Lins de Vasconcelos, esquina com a Rua Hermengarda, no Méier, Zona Norte do Rio. A informação foi confirmada a imprensa pelo comandante-geral da Polícia Militar, Wolney Dias. O relatório da ocorrência do batalhão da área diz que um carro que vinha na frente da viatura parou no meio da via. Depois, os bandidos desembarcaram para iniciar um arrastão. Houve troca de tiros e o oficial levou um tiro de fuzil no peito e o motorista foi atingido na perna. No Twitter, a corporação caracterizou o fato como um atentado. O motorista também é um policial, que fazia a segurança do comandante, e teria sido baleado. Teixeira, que foi alvejado no peito, chegou a ser levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, mas já chegou morto na unidade. Já o outro PM, identificado como Nei Filho, passou por uma cirurgia na unidade e não corre o risco de morrer. Ele foi transferido para o Hospital da Polícia Militar, no Estácio. A Polícia Militar começou uma operação com  130 policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Lins para cercar os acessos às comunidades do Lins, Camarista-Méier e São João.