Livramento Hoje

Livramento Hoje



Polícia prende suspeitos de causarem incêndios em fábrica

  Quinta, 28.Março.2019 às 09h00


Foto: Divulgação | SSP

Integrantes da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Teixeira de Freitas) cumpriram, nesta quarta-feira (27), durante a operação ‘Friendly Fire’ (Fogo Amigo), seis mandados de prisão, no município de Mucuri. A 8ª Coorpin, contou com o apoio da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Mata Atlântica), e prendeu Ivan Gleison da Silva, Irlan Rodrigues da Silva, Neílton Ribeiro da Silva, Márcio Romualdo Rocha, Moisés Costa dos Santos e Reginaldo Santos Matias, ex-trabalhadores e ex-terceirizados da Suzano Papel e Celulose, suspeitos de provocar diversos incêndios em pilhas de madeira de propriedade da empresa. Uma sétima pessoa – Márcio Rodrigues de Oliveira – não foi localizado e já é considerado  foragido. Segundo a delegada Valéria Fonseca, coordenadora da 8ª Coorpin, os mandados se referem aos crimes de incêndio criminoso e associação criminosa. “Além desses dois delitos, Irlan Rodrigues da Silva foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, uma vez que, em sua residência, encontramos duas espingardas calibre 12 e um vasilhame com pólvora e chumbo”, explicou. A delegada Valéria acrescentou que o grupo é suspeito de incêndios nas madeiras prontas para irem para a fábrica nos distritos de Itabatã e Cruzelândia, pertencentes a Mucuri. “A principal suspeita é que eles cometeram esses crimes repetidas vezes, como forma de retaliar a empresa, por não concordarem com os termos do desligamento da Suzano”, afirmou.

Comentários


Os comentários dos participantes responsabilizam apenas os seus autores, não podendo ao Livramento Hoje de algum modo ser atribuída responsabilidade pelo conteúdo daqueles.