Bahia

Condenados em agosto a mais de 10 anos de reclusão, ex-integrantes da banda New Hit são presos

25 Outubro 2017 - 12:27

Condenados em agosto a mais de 10 anos de reclusão, ex-integrantes da banda New Hit são presos

Foto: Divulgação

A Polícia Civil informou que a cumpriu na tarde desta terça-feira (24), em Salvador, mandados de prisão contra ex-integrantes da banda New Hit, condenados no último mês de agosto a pouco mais de 10 anos de prisão por estupro. A determinação da prisão partiu da comarca da cidade de Ruy Barbosa, localizada a cerca de 320 km de Salvador. Cinco mandados foram cumpridos e os presos levados para a Polinter, na capital baiana. O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) informou que o pedido de prisão foi da juíza Marcela Pamponet, que determinou a execução imediata da decisão condenatória de segunda instância, proferida pela Primeira Câmara Criminal do TJ-BA, em 29 de agosto. Na ocasião, oito dos ex-integrantes foram considerados culpados pelo estupro de duas adolescentes , em 2012, ocorrido após um show da banda na cidade de Ruy Barbosa. Por meio de nota, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) informou que o Justiça acatou o pedido de prisão dos acusados, feito pela promotora de Justiça Marisa Jansen. Com isso, já estão presos em Salvador: Weslen Danilo Borges Lopes, William Ricardo de Farias, Michel Melo de Almeida, Jhon Ghendow de Souza Silva e Alan Aragão Trigueiros. O MP-BA disse ainda que Edson Bonfim Berhends Santos, Eduardo Martins Daltro de Castro Sobrinho e Guilherme Augusto estão sendo procurados.  O site G1 publicou que entrou em contato a defesa de um dos condenados, o advogado Antônio Leite, que confirmou a prisão do cliente. Ainda segundo o advogado, os ex-integrantes condenados em julgamento este ano não estavam presos e aguardavam encaminhamento do juiz. ”O caso é de Ruy Barbosa, mas foi julgado em Salvador. Então, após o julgamento, eles estavam esperando a determinação da prisão do juiz de lá. Eles estavam aguardando, tanto que meu cliente foi preso em casa”, explicou. Oito dos ex-integrantes da Banda New Hit foram condenados, em julgamento realizado no dia 29 de agosto deste ano, a 10 anos e oito meses de prisão pelo estupro coletivo de duas adolescentes em 2012, após um show da banda na cidade de Ruy Barbosa. O julgamento foi realizado na Segunda Turma da Primeira Câmara Criminal do TJ-BA, em Salvador. De acordo com o TJ, os condenados ainda podiam recorrer da decisão após condenação. Conforme o Tribunal de Justiça, foram absolvidos, Carlos Frederico Santos de Aragão, que à época do crime era segurança da banda, e um dos ex-integrantes do grupo, Jeferson Pinto dos Santos.

Comentários

Deixe seu comentário

Mais notícias